×
Home Coronavírus Notícias Coronavírus Contas Públicas Painel Vacina Covid-19 Painel Monitoramento Infográficos Covid-19 Governo Secretarias Municipais Unidades de Saúde Unidades de Ensino Unidades de Assistência Social IBASMA Subprefeituras Cidade História Dados Gerais Turismo 160 Anos Notícias Portal da Transparência Serviços IPTU / TAXAS ITBI Declaração das Instituições Financeiras (DESIF) ISS ONLINE (ATUALIZADO) LIVRO ELETRÔNICO REGIN UFISA Mapas Legislação CONSULTA PROCESSO E-SIC CONTRA CHEQUE Contato

Notícias - Escola Municipal Agostinho Franceschi de Araruama é finalista do “IV Prêmio Educação em Ciências”
02/08/2022
Escola Municipal Agostinho Franceschi de Araruama é finalista do “IV Prêmio Educação em Ciências”

A Escola Municipal Agostinho Franceschi, que fica no distrito de Morro Grande, está entre os três finalistas do IV Prêmio Educação em Ciências 2022, oferecido pela Federação de Sociedades de Biologia Experimental.

A classificação final será divulgada no dia 09 de agosto, a partir das 09h30, durante uma cerimônia de premiação on-line, quando os alunos vão ficar sabendo se levarão o primeiro, segundo ou terceiro  lugar.

O projeto apresentado pela  Escola Municipal Agostinho Franceschini, que está concorrendo ao prêmio, é a “Aula Noturna na Escola”. 

Foram desenvolvidas diversas atividades com os alunos e as alunas do 6º ao 9º ano, dedicadas aos estudos da Astronomia e Astronáutica.

 Para a turma do 6º ano o trabalho começou em sala de aula. Eles tiveram a oportunidade de aprender a construir uma luneta caseira utilizando lentes recicladas e canos de PVC para realizar a observação da lua e suas crateras. Em nossa noite mágica, os alunos e as alunas também produziram foguetes de garrafa PET que voavam mais de 30 metros com a força da pressão da água e do ar. 

Depois confeccionaram os planetas do nosso Sistema Solar em escala de tamanho e distância entre eles, para compreender suas relações em proporção. Por último, assistiram a uma palestra incrível das cientistas do Grupo de Pesquisas Aeroespaciais da UFRJ, Mirlene Oliveira e Ananda Knoedt, que vieram contar um pouco mais sobre o  trabalho que realizam desenvolvendo foguetes. 

Vale ressaltar que o projeto de Araruama só foi possível graças às professoras idealizadoras,  Luísa Rieth Uber e Alessandra Moreira Moraes; além da equipe de suporte pedagógico,  Andrea Maura e Edilma Soares e equipe diretiva,  Lilian Oliveira e Norma Lúcia Pereira.

Agora é só ficar na torcida e que venha o primeiro lugar para nosso município!


Galeria de Fotos